domingo, 28 de dezembro de 2014

Deserto

Por quantas dimensões a vida precisa passar? Por quantas estradas o homem precisa caminhar buscando o grande segredo da existência? A tarefa é difícil, gigantesca, muitas vezes impossível, mas nenhum destes argumentos é capaz de nos impedir de seguir adiante.
Não podemos saber o que aconteceu no passado, e que levou as coisas a serem como são. Não podemos saber o que nos espera adiante. Em determinado momento, Deus nos chamou para tomar parte da caravana da vida, e estamos cheios de dúvidas.
Mas devemos tentar ir o mais longe possível.
Mesmo no meio do deserto, é importante tentar descobrir as maravilhas enterradas na areia”.
(Paulo Coelho)

Um comentário:

António Pedro Martins disse...

Belíssimo este excerto do Paulo Coelho. O segredo da felicidade será esse mesmo: descobrir a beleza infinita "escondida" num grão de areia, numa gota de chuva, numa folha verde, num sopro de vento, numa pétala, num raio de sol, numa lágrima, num sorriso...